ENGLISH VERSION
Poker Stars NoIQ Poker

Thursday, June 21, 2007

Textura em situações marginais

Há algumas semanas coloquei um post dedicado especificamente à textura da board. Este post é uma pequena nota, um complemento, sobre um determinado tipo de situação...

Podemos dividir as decisões essencialmente em dois grupos: decisões claras e decisões marginais. As decisões claras são decisões em que é claro que se trata de uma situação de EV+ ou EV-. As decisões marginais são decisões em que não é claro se estamos numa situação ou outra por esta depender de factores mal definidos (subjectivos, ambiguos, etc) ou por estar perto de um EV nulo (break even).

A textura da board toma particular importância nas decisões marginais e pequenas diferenças subtis podem-nos ajudar a tomar uma decisão ou outra.

Vou pegar num pequeno exemplo retirado de uma mão discutida recentemente aqui para ilustrar este tipo de situação. Trata-se de uma decisão de EV que parece estar muito perto de zero não sendo claro se é positivo ou negativo.

O jogador naquela situação tem um número razoável de outs e um «bom draw» mas a mão levanta diversos problemas que se dividem essencialmente em dois aspectos: nem todas as outs são seguras; existe uma certa dose de imprevisibilidade para o tipo de acção com que nos podemos vir a deparar, nomeadamente podemos ter de vir a acompanhar raises ou a desistir da mão já depois de termos construído o nosso straight (aconselho à leitura do meu post para perceber melhor o cenário e o que este envolve).

No entanto uma pequena diferença subil na board pode ajudar (ou não) a trazer a mão para EV positivo com uma margem mínima aceitável e assim ajudar-nos a tomar uma decisão. Faço notar que estou a referir-me a uma diferença subtil que só por si não seria suficiente para tomar uma determinada decisão. Neste caso em exemplo seria a terceira carta do Flop ser do mesmo suite das hole cards acrescentando ao nosso cenário um runner runner flush (como aliás a certa altura faço referência no post).

Este tipo de situação leva a que por vezes os adversários não compreendam a rectidão da decisão quando, porventura, a mão que se completa é exactamente essa. Mas isto já é tema que dá para outro post...

Labels:

2 Comments:

At July 16, 2007 at 9:33 PM , Anonymous apostadorfurtivo said...

Viva Marco António, parabéns pelo bom trabalho.
Tomei a liberdade de o adicionar ao blogroll do meu blog http://apostadorfurtivo.apostaganha.pt para que os meus leitores possam também ler este excelente blog.

Abraço
ApostadorFurtivo

 
At July 19, 2007 at 6:24 PM , Blogger MarcoAntonio "antzzz" said...

Tks,

o teu blog tem diversos artigos bastante interessantes (eu já o tinha visto antes) e por isso, embora seja um pouco off-topic eu vou colocar um link e uma referência a ele juntamente com os restantes links.

Abraço.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home